O que é e como registrar uma propriedade intelectual

O que é e como registrar uma propriedade intelectual

Se você é um empreendedor, inventou algum produto ou até mesmo escreveu um livro, já deve ter pensando na possibilidade de proteger as suas criações, para isso, é fundamental saber como registrar uma propriedade intelectual.

A propriedade intelectual se divide em diferentes tipos e o formato de proteção também muda conforme eles.

Pensando nisso, elaboramos esse conteúdo, para que você saiba o que é, quais são os tipos e como proteger a sua propriedade intelectual. Boa leitura!

O que é propriedade intelectual?

A propriedade intelectual, chamada também de PI, é um conjunto de normas cujo objetivo é proteger legalmente as criações realizadas pelos seres humanos.

Proteção essa que garante ao autor, seja pessoa física ou jurídica, a possibilidade de gerar lucro em cima daquilo que ele registrou.

O universo da propriedade intelectual é diversificado e alguns de seus exemplos são patentes, marcas e desenhos industriais.

Por exemplo, ao realizar um processo junto ao INPI de registro de uma marca, o esperado é que o órgão conceda o direito de propriedade intelectual ao solicitante, garantindo a proteção contra cópias e outros usos indevidos.

História da propriedade intelectual

A proteção às criações humanas através da propriedade intelectual já existe há alguns séculos, confira um pouco mais sobre a história dela:

  • Historiadores consideram que a primeira concessão de propriedade intelectual aconteceu na República de Veneza, que hoje faz parte do território da Itália, em 1416, quando um cidadão patenteou um moinho que funcionava com a força da água;
  • Em 1623 a Inglaterra criou uma lei para garantir que seus cidadãos tivessem direito a fazer o registro de propriedade intelectual, chamada de Estatuto dos Monopólios;
  • O Brasil criou a sua primeira legislação sobre o registro de propriedade intelectual, nesse caso de patentes, no mesmo ano que os Estados Unidos, em 1809;
  • Em 1873 aconteceu o primeiro encontro internacional para discutir a proteção à propriedade intelectual, como é feito atualmente através do registro internacional de marcas.

Benefícios da propriedade intelectual

Antes de saber como registrar uma propriedade intelectual e quais são os seus tipos, é fundamental conhecer os seus benefícios, separamos os principais para que você possa entender por que esse registro é tão importante:

  • A propriedade intelectual é importante para que pessoas físicas e jurídicas sejam reconhecidas por seus esforços;
  • Esse reconhecimento traz o estímulo. Sabendo que ao registrar uma propriedade intelectual a sua detentora ganha o direito de a explorar financeira e intelectualmente, mais pessoas colocarão a prova seus projetos e invenções;
  • Registrar obras é um meio de combater a pirataria, garantindo o reconhecimento de obras como livros e músicas.

Tipos de propriedade intelectual

Agora que você já sabe o que é, descubra quais são os dois tipos principais de propriedade intelectual:

Propriedade Industrial

No grupo da propriedade industrial temos os registros de propriedade intelectual mais comuns quando o assunto são empresas buscando proteger e defender o seu ou sua:

É englobado na propriedade industrial também a representação contra a concorrência desleal.

Nesse caso o empresário interessado faz o registro para garantir que durante um período ele terá o direito de fabricar, comercializar, usar ou vender a propriedade industrial registrada.

Direitos autorais

Os direitos autorais competem a obras protegidas em seu âmbito moral e patrimonial.

Essa forma de registro é utilizada em obras intelectuais como produções artísticas, científicas e culturais. O direito moral corresponde ao crédito devido à pessoa que faz o registro do direito autoral.

Já a proteção patrimonial garante a conservação inédita da obra, o impedimento de que terceiros a usem, colocar e retirar a obra de circulação e confirmar a autoria.

Como registrar uma propriedade intelectual?

Para registrar uma propriedade intelectual será necessário conhecer a sua natureza por primeiro.

Se ela se trata de uma propriedade industrial, como no caso de uma marca ou um desenho industrial, no Brasil, o órgão competente para realizar tal registro é o INPI - Instituto Nacional de Patentes Industriais.

O registro no INPI é feito a partir de uma solicitação no site do órgão, onde devem ser indicados os dados do pedido, como a classe da marca ou a serventia do modelo de utilidade.

O pagamento de uma taxa por boleto também deve ser feito, para que o Instituto dê prosseguimento ao processo.

Caso todos os dados do pedido estejam corretos e com o pagamento feito, o INPI realizará a inspeção do pedido, e posteriormente, apresentará o registro, ou não (em casos onde os dados foram preenchidos incorretamente ou o registro fere o direito de exclusividade).

Como proteger a propriedade intelectual: outras dicas além do registro

O registro de uma propriedade intelectual junto ao INPI é a maneira mais fácil de assegurar que a parte interessada terá direito sobre a marca. 

Porém, outras dicas também podem ser seguidas para que ela esteja melhor protegida:

  • Se o registro envolve o desenvolvimento de um novo produto, simplifique ao máximo os primeiros estágios, permitindo que a etapa de criação seja mais rápida e, com isso, menos concorrentes tomem conhecimento do projeto;
  • Evite criar algo novo em uma equipe numerosa, já que todos poderão solicitar o direito sobre a invenção posteriormente;
  • Fique de olho em concorrentes que possam estar ferindo o direito de exclusividade, com marcas e até mesmo embalagens similares que o seu.

O que acontece quando a propriedade intelectual é violada?

Quando a violação de propriedade intelectual é consumada e comprovada pelo detentor de seus direitos, o infrator é proibido de continuar fazendo o uso da PI e pode ser condenado a pagar uma indenização por danos morais e financeiros.

É importante lembrar que a propriedade intelectual também pode ser violada no meio digital, através da reprodução ilegal de materiais protegidos por seu autor.

Conte com a nossa ajuda na hora de registrar a sua propriedade intelectual

Como você viu, saber como registrar uma propriedade intelectual envolve o conhecimento sobre os seus diferentes tipos e as etapas necessárias para realizar isso junto aos órgãos competentes.

Por conta disso, a ajuda especializada pode ser necessária, para que o seu processo ocorra da melhor maneira possível.

A Allmark é referência no registro de marcas, e se você está precisando de ajuda para registrar a sua, pode contar com a gente!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Descubra o que é a prorrogação do registro da marca e etapas para fazer

Descubra o que é a prorrogação do registro da marca e etapas para fazer

Se você possui uma marca registrada no Brasil há alguns anos e pretende continuar com ela sobre os seus domínios, é fundamental que você saiba o que é a prorrogação do registro da marca. De maneira similar a outros processos que envolvem o INPI, o pedido de prorrogação deve ser feito online, pelo site do […]

LEIA MAIS
Saiba como escolher um empresa de registro de marca

Saiba como escolher um empresa de registro de marca

Duas opções fazem parte da escolha de todos os empresários que tomam a decisão de registrar a sua marca junto ao INPI: fazer todo o processo por conta ou contar com o auxílio de uma empresa de registro de marca. Apesar da primeira opção parecer mais vantajosa, ao observar rapidamente o funcionamento do registro de […]

LEIA MAIS
Entenda como funciona o registro de marca internacional

Entenda como funciona o registro de marca internacional

O registro de marca internacional é uma forma de proteger a sua marca em territórios fora do Brasil, garantindo que os seus elementos únicos, como o nome e a logo, estejam assegurados em outros países que você deseja manter relações comerciais. Ao contrário do registro comum do INPI, que protege a marca apenas dentro do […]

LEIA MAIS