O que o episódio Cristiano Ronaldo e Coca Cola pode nos ensinar sobre cuidados com nossas marcas?

Não faz muito tempo, o famoso jogador de futebol Cristiano Ronaldo foi pivô de um episódio, envolvendo a marca Coca Cola, que evidenciou a importância de cuidar – e muito bem -, da imagem da nossa marca.

Durante uma entrevista coletiva, o jogador simplesmente retirou duas latinhas de Coca Cola que estavam à sua frente, sob a bancada, substituindo-as por água, em um gesto que não deixou dúvidas quanto à sua preferência.

Não foi preciso uma única palavra. Um simples gesto do jogador, admirado em todo o mundo, foi suficiente para gerar um impacto negativo para a marca. E a despeito das notícias sobre a desvalorização das ações da empresa em função disso serem ou não verídicas, e mesmo dos inúmeros comentários e julgamentos feitos acerca da real motivação nesta atitude do jogador, ou, ainda, do meme que ‘viralizou’ após a derrota do time do jogador como uma resposta da marca à sua atitude, há uma verdade incontestável que o episódio revela:

TODA MARCA EXIGE CUIDADO

E quanto mais valiosa sua marca vai se tornando, maior vai ficando o nível de exigência para que todas as suas ações sejam alinhas ao seu propósito.

Sem querer aprofundar demais no mérito da questão, mas também não podendo fugir a esta reflexão... Qual o alinhamento possível entre uma marca de refrigerante e um evento esportivo?

Falamos sempre sobre a mudança que o mundo está vivenciando, em que as conexões estão tornando-se mais verdadeiras, mais humanizadas, e de como esta nova era – o tempo de SER -, está conduzindo ao que é essencial, levando pessoas e empresas a repensarem seus posicionamentos, a resignificarem sua existência e a encontrarem seu propósito.

Neste novo tempo, pequenas, médias e grandes decisões precisam, cada vez mais, estar alinhadas ao propósito do produto ou serviço. Seja a escolha de um fornecedor, a seleção de um profissional, a opção por uma linha de comunicação, precisamos estar conscientes que tudo está conectado, formando algo único. Ou seja, todas estas escolhas estão relacionadas ao impacto positivo ou negativo na consolidação da marca.

Cada vez mais o caminho ficará estreito, porque o nível de consciência do consumidor está se elevando.

Neste novo tempo, precisaremos estar muito mais atentos a quem somos. Optar pelo patrocínio de um evento de menor visibilidade da marca, mas maior alinhamento do produto ao propósito do evento, por exemplo, será, certamente, um investimento mais assertivo, principalmente porque as pessoas estão cada vez mais atentas e em busca de verdade em todos os âmbitos de suas vidas.

Allmark – marcas com propósito

Como proteger sua marca: 7 estratégias poderosas e eficientes

Como proteger sua marca: 7 estratégias poderosas e eficientes

Saber como proteger sua marca é uma informação muito importante para qualquer empresário que deseja garantir o direito de exclusividade da sua propriedade. Mas a verdade é que não existe apenas um jeito de fazer essa proteção. Por isso, elaboramos esse conteúdo para que você conheça as melhores estratégias para proteger a sua marca e […]

LEIA MAIS
Capa do artigo "O que é registro de patente: quais os requisitos para registro e exemplos inusitados"

O que é registro de patente: quais os requisitos para registro e exemplos inusitados

A única maneira de proteger as suas ideias e torná-las exclusivamente suas é por meio do seu registro. Portanto, entenda o que é registro de patente e como funciona. Você teve uma ideia de produto ou serviço, acredita que essa ideia é inovadora e gostaria de protegê-la, mas não sabe como fazer isso?  Descubra, neste […]

LEIA MAIS

Você sabe a diferença entre marca e patente?

Muita gente não sabe, mas marca e patente não são complementares. Uma confusão comum é imaginar que se patenteia uma marca.Não existe “patente de marca”. O que existe é registro de marca e registro de patente de ideias e processos. A marca refere-se a uma criação intelectual que auxilia o(a) empresário(a) na identificação e divulgação […]

LEIA MAIS