Dicas de Gestão Empresarial: 4 sugestões + 10 erros para evitar

Você sabia que a cada 10 empresas abertas no país, pouco mais de 5 sobrevivem aos primeiros anos? É isso que afirma a pesquisa “Taxa de sobrevivência das empresas no Brasil”, do Sebrae. Por isso, conhecer e praticar as dicas de gestão empresarial deste artigo vão te ajudar no crescimento saudável de uma instituição.

Já que a principal causa do fechamento dessas instituições foi a falta de uma gestão empresarial de qualidade. Uma vez que esta habilidade é uma atividade fundamental para crescer de forma sustentável e ainda se destacar diante da concorrência.

Isso quer dizer que a Gestão Empresarial atua como fator de destaque quando o assunto é sobrevivência de uma organização. Com base nisso, veja  alguns fatores que um bom gestor proporciona:

  • Metas e objetivos claros;
  • redução de custos e riscos;
  • economia empresarial;
  • liderança estratégica;
  • decisões mais assertivas;
  • mensuração de dados;
  • melhoria de processos e métodos.

Agora você entendeu qual a importância da gestão empresarial? 

E, por conta de sua relevância, grande parte dos empreendedores encara o gerenciamento de uma organização como um grande desafio.

Afinal, tudo em uma empresa depende de uma administração de qualidade. Não basta querer empreender, é preciso saber como fazer isso. Pensando nisso, reunimos aqui 4 dicas de gestão empresarial para te ajudar neste desafio. Confira:

4 Dicas de Gestão Empresarial para praticar imediatamente

1. Crie um planejamento estratégico

“Se você não sabe para onde ir, qualquer lugar serve”, já dizia Lewis Carroll, importante escritor dos anos 80. Mas, a frase ainda é válida e aplicável. Afinal, tudo começa com um bom planejamento.

Isto é, um documento que visa traçar o caminho para chegar onde deseja. Um planejamento estratégico estuda o mercado, os fornecedores, os clientes e o cenário econômico, sem perder de vista a concorrência.

Assim, este planejamento funciona como um guia para a empresa, diminuindo os riscos e aumentando as chances de sucesso. Já que, é nesta etapa, que se definem os objetivos e as metas que vão nortear todas as ações da empresa. 

Engana-se quem pensa que um plano de negócios é um fator exclusivo para novos empreendimentos. Mesmo empresas há anos no mercado precisam ter um. Além disso, revisões e ajustes, com base na mensuração de dados, são sempre importantes. 

2. Motive sua equipe

Os resultados desejados só serão alcançados se você tiver uma equipe disposta a vestir a camisa e crescer com a empresa. Portanto, escolha sua equipe focando em seu potencial e postura, não se baseie somente em qualificação e experiência profissional.

Busque manter um bom relacionamento com os colaboradores, permitindo autonomia em suas tarefas, mas acompanhando de perto as atividades de cada um. Os funcionários precisam saber que suas ações impactam e que eles são importantes para a organização.

Deste modo, feedbacks são vitais para que a equipe saiba como está se desenvolvendo. Então, elogie bons desempenhos e corrija sempre que necessário. Um bom gestor é aquele que age com segurança e serve de inspiração, mantendo, assim, a equipe motivada.

3. Tenha uma boa comunicação

Ter uma boa comunicação é uma das principais dicas de gestão empresarial. Isso porque, ao ser claro tanto com seus colaboradores quanto com seu público, você pode:

  • Traçar prioridades de ações e procedimentos;
  • divulgar novidades e notícias relevantes da empresa;
  • fazer reuniões eficientes de avaliação e desempenho;
  • reconhecer e valorizar os bons colaboradores;
  • negociar bem com os fornecedores;
  • atrair os melhores clientes;
  • aumentar a receita empresarial.

Vale lembrar que a comunicação é uma das habilidades centrais para alcançar metas, já que tudo ao redor envolve esta característica, desde uma única venda até grandes propostas.

Assim, o gestor que usa técnicas assertivas de comunicação, seja para divulgar sua empresa, manter sua equipe motivada ou aprimorar negociações entre clientes e fornecedores, estará mais perto de alcançar o sucesso da empresa.

4. Busque inovar

Por fim, destacamos a inovação como fator determinante para quem deseja manter o crescimento de uma empresa. Assim, avaliar e acompanhar as tendências do mercado é uma forma bastante eficaz para isso.

Desta maneira, é possível antecipar a concorrência e lançar produtos ou serviços inovadores. Hoje, é preciso entender que o consumidor é outro, é muito mais exigente que no passado.

Portanto, buscar se relacionar com seu público-alvo, pesquisando e oferecendo aquilo que ele procura são fatores que impulsionam a empresa. Sem dúvida, a marca da organização é um fator determinante na percepção que o cliente tem da instituição.

Nenhuma empresa sobrevive sem construir uma presença digital atualmente. E, para isso, uma marca sólida, honesta, inovadora e cheia de propósitos apresenta uma forte influência no processo de  compra de seus clientes.

Dicas de Gestão Empresarial: os 10 erros mais comuns

Como você viu, a evolução da gestão empresarial depende de muitos desafios e grandes responsabilidades. Assim, qualquer descuido pode significar prejuízo. Por isso, é necessário ter muita cautela e atenção em todos os procedimentos.

Claro que erros surgem. No entanto, eles não devem se tornar frequentes, porque isso pode causar o fechamento de uma organização. Pois, algumas vezes, o impacto negativo dessas falhas é grande demais.

Então, conhecer quais são os erros mais comuns podem te ajudar a se atentar ainda mais nessas questões e evitar cometê-los. Confira:

  1. Necessidade de um plano de negócio;
  2. Falta de capacitação e treinamentos;
  3. Negligência de tecnologias;
  4. Atraso com prazos;
  5. Desconsideração da concorrência;
  6. Criação de produto sem estudo de mercado;
  7. Exigência de perfeição;
  8. Realização de cálculos errados de precificação e margem de lucro;
  9. Resistência às mudanças;
  10. Aversão às críticas.

Você percebeu a importância de realizar uma gestão empresarial eficiente? 

“Afinal, o que é gestão? Gestão é promover resultados, é resolver problemas, promover mudanças, buscar métodos. Você não consegue mudar uma meta sem fazer gestão.” (Vicente Falconi)

A gestão empresarial entrega vários benefícios em todas as esferas do negócio: equipe, procedimentos, resultados e até mesmo na imagem da instituição. Com uma gestão eficiente, a rotina de trabalho se torna produtiva, organizada e otimizada.

Com essas 4 dicas essenciais e os 10 erros mais comuns de um gestor, buscamos facilitar o caminho para um gestão empresarial eficiente, que eleve a performance de todo negócio.
Mas, se você quer a ajuda de um mentor neste caminho, ele ficará ainda mais fácil! Entre em contato pelo site e conheça mais sobre a mentoria Ousea, da Allmark.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Capa do artigo "O que é sobrestamento da marca: veja o que fazer e como evitar esta situação"

O que é sobrestamento da marca: veja o que fazer e como evitar esta situação

O sobrestamento é um exemplo da alta competitividade no mercado. Essa palavra difícil possui um significado bastante simples: pausa. Como assim? O que é sobrestamento da marca? Isso quer dizer que o seu pedido de registro de marca será adiado. Mas, por quê?  Logo agora que você entendeu a importância de ter uma marca registrada, […]

LEIA MAIS

O que é propriedade industrial: como e por que proteger sua!

Se você tem uma marca, invenção ou qualquer invenção criada visando a criação e uso industrial, é preciso saber o que é propriedade industrial e qual a importância de proteger a sua invenção. Você já deve ter visto aquele símbolo representado por um pequeno R dentro de um círculo que aparece ao lado de alguns […]

LEIA MAIS
Capa do artigo "Entenda como funciona o registro de marca figurativa: quais suas classes, exemplos e como registrar"

Entenda como funciona o registro de marca figurativa: quais suas classes, exemplos e como registrar

Você sabe como funciona o registro de marca figurativa? O Registro de Marca é um passo essencial para quem quer ter segurança na hora de divulgar sua marca. No entanto, para registrar no INPI, é preciso definir que tipo de marca você deseja: Mista; Nominativa; Figurativa; Tridimensional. Neste artigo, você saberá o que é marca […]

LEIA MAIS